Beneficiamento têxtil: vantagens de realizar o processo em um único lugar

Beneficiamento têxtil: vantagens de realizar o processo em um único lugar

Você já ouviu falar em beneficiamento têxtil? Quando falamos de indústria têxtil, referimo-nos a todos aqueles processos que, partindo de uma matéria-prima, como algodão ou lã, por exemplo, levam à criação de um fio. 

Este fio se tornará um tecido seguindo processos complexos. Todas as etapas envolvidas na transformação da matéria-prima em produto acabado fazem parte da cadeia produtiva têxtil.

Ou seja, desenvolvimento, tecelagem, fiação, tingimento, estamparia e acabamento são apenas algumas das fases que levam à realização do tecido.

Cada uma dessas etapas é realizada por um maquinário específico, para um determinado tipo de processamento.

Neste artigo, vamos falar sobre o beneficiamento têxtil. Acompanhe a leitura!

O que é beneficiamento têxtil?

O principal objetivo do beneficiamento têxtil é tornar os tecidos mais nobres. Existem diferentes fases para que o processo seja realizado, cada uma trazendo um tipo de resultado.

No passado, o processo era manual. No entanto, hoje tudo é automatizado, o que garante uma maior precisão e alta qualidade no tratamento de tecidos.

Vale lembrar que este procedimento é feito depois da tecelagem. Utilizam-se tratamentos mecânicos ou químicos para aperfeiçoar as peculiaridades físico-químicas do material.

Tipos de beneficiamento têxtil

Existem três tipos de beneficiamento têxtil. Vamos entender a seguir como funciona cada um.

Beneficiamento primário

Nesta etapa, os materiais são preparados para que estejam em boas condições de aplicação das etapas seguintes.

O que é feito? São realizadas a lavagem e a fervura, com o intuito de promover a limpeza e de desengomar o tecido.

Dessa forma, excluem-se e eliminam-se os óleos aditivos aplicados durante a tecelagem.

O material é preparado para que posteriormente receba a tintura.

Os procedimentos incluem, por exemplo:

●     escovagem;

●     tesouragem;

●     navalhagem

●     chamuscagem;

●     branqueamento;

●     outros.

Beneficiamento secundário

A próxima etapa é o beneficiamento secundário. Nessa fase, é feito o tingimento, o que significa que os tecidos terão uma nova coloração de modo uniforme.

Além disso, também se aplica a estamparia, que é a colocação de desenhos ou outras estampas.

Beneficiamento têxtil: vantagens de realizar o processo em um único lugar

Beneficiamento terciário

Já o beneficiamento terciário é a última etapa, conhecida também como acabamento final.

Nessa fase, a ideia é proporcionar um resultado mais nobre ao tecido. Isso é feito por meio de procedimentos químicos e físicos. Como resultado, o tecido poderá ficar mais macio ao toque, por exemplo, ou terá mais brilho.

É interessante notar que esses procedimentos podem ser temporários ou permanentes.

Vantagens de realizar o beneficiamento têxtil em um único lugar

Menos custos

A diminuição dos custos é uma das principais vantagens em fazer o beneficiamento têxtil em um lugar apenas.

Existem diversos métodos que aproveitam os benefícios da tecnologia e das modernas técnicas de produção.

Se o processo ocorre de forma descentralizada, acontece o risco de perda de qualidade, falhas nos procedimentos e até mesmo desperdício de tempo e de material.

Melhor resultado

Essa outra vantagem que vale a pena destacar. Quando o processo é feito em um único lugar, há uma maior produtividade e eficiência nas etapas, o que garante um melhor resultado final.

Devido ao aumento da capacidade produtiva, além de reduzir custos, existem menos erros de execução nos procedimentos.

Além disso, existe um controle de qualidade mais preciso, sem que o processo de produção seja prejudicado para correção de falhas.

Melhor qualidade

Todas as etapas acontecem de forma mais célere e, como já mencionamos, com menos erros.

A vantagem competitiva acontece devido à maior eficiência e eficácia nas operações que são realizadas em um único local. Isso permite que o produto final tenha diferenciais de qualidade, mesmo que o custo seja menor.

Devido à tecnologia, é possível que todos os processos acompanhem métodos modernos de produção no tratamento da matéria-prima e dos insumos.

Com isso, diversos problemas são eliminados, principalmente com a constante atualização dos procedimentos e com a capacitação dos operadores. 

Tudo isso agrega valor ao produto final.

Vantagens da automatização do beneficiamento têxtil

Com o processo automatizado, garantem-se muitos benefícios em relação a processos manuais.

Por exemplo, tem-se um controle mais eficaz das temperaturas, além da possibilidade de uma rápida aferição de possíveis falhas, caso aconteçam, que podem ser corrigidas com economia de tempo e de recursos.

Para exemplificar, o uso da lavadora de amostras permite a realização de testes de forma bem rápida e eficiente.

Além disso, sempre é possível adotar novos processos, com equipamentos inovadores no mercado, como é o caso de tecidos que são embalados de modo automático e a vácuo, sem haver problemas de umidade no contato com a área externa.

Outro uso da automação é no caso do hidroaspersor. Ele deixa o acabamento mais macio, além de ser impermeabilizante.

Dessa forma, haverá um melhor aproveitamento da costura e o tecido será favorável ao toque e terá um melhor caimento.

Você sabia que também realizamos os serviços de beneficiamento têxtil?

Na Cores e Tons trabalhamos com inúmeras empresas que solicitam este serviço.

Realizamos todas as etapas de beneficiamento, com o melhor resultado do mercado para diferentes tipos de necessidades de nossos clientes.

Quer conhecer nossos serviços? Clique aqui para entrar em contato conosco! Aproveite também para saber como é o tingimento de tecidos e leia mais dicas do blog da Cores e Tons. Até a próxima!

Leia Mais

Olá, podemos ajudar?