Tipos de acabamento têxtil

Tipos de acabamento têxtil

O acabamento têxtil é essencial, isso porque ele é capaz tanto de garantir a durabilidade do tecido quanto de agregar características que o farão mais resistente, macio, brilhoso e, por consequência, valorizado. É na etapa de acabamento têxtil que o tecido recebe tratamentos dos mais diversos: antichamas, proteção UV, impermeabilizante… uma infinidade de possibilidades. Além disso, é nessa etapa que o tecido é amaciado, passa por processos que limitam o encolhimento das fibras e ainda pode ser trabalhado para ficar menos ou mais felpudo, ou ainda com toque de pele de pêssego. Existem processos tanto de acabamentos físicos quanto de químicos, mas você sabe como esses tratamentos são feitos? Veja a seguir.

Acabamentos físicos

Antes de começar a falar sobre acabamento têxtil do tipo físico, é importante ressaltar que os acabamentos físicos e químicos podem ser feitos em conjunto, e podem existir diversos tipos de acabamentos para um mesmo resultado. Ainda assim, é importante entender as diferenças e tecnologias envolvidas. O acabamento têxtil é realizado com processos físicos quando o resultado desejado não precisa envolver o uso de elementos químicos no tratamento das fibras. Um banho em água quente para prevenir encolhimentos futuros, por exemplo, trabalha apenas com o calor para que o resultado final do processo seja atingido.

Acabamentos químicos

O acabamento têxtil do tipo químico envolve o uso de substâncias químicas em contato com o tecido. Em acabamentos que envolvem o uso de compostos químicos, é possível obter como resultado, por exemplo:

– Proteção contra raios UVA e UVB, nocivos para a pele;

– Proteção antichamas, que torna o tecido mais resistente à exposição a focos de fogo;

– Amaciamento do tecido, o que o torna mais maleável e com toque agradável;

– Função impermeabilizante em vários níveis, desde uma leve repelência à água até a impermeabilização total, importante em tecidos de guarda-chuvas e similares.

Os tecidos podem ser tratados ainda com o uso de pequenas chamas ou fagulhas, para tornar as fibras mais curtas e evitar desfiamentos, além de várias outras técnicas. Abaixo, nós separamos algumas que usamos aqui na Cores e Tons:

Acabamento têxtil atemporal

Alguns dos acabamentos têxteis são quase obrigatórios. Aqui na Cores e Tons nós realizamos o amaciamento de tecidos e de malhas de fibras celulósicas, sintéticas ou ainda mistas em rama. Esses acabamentos são desenvolvidos para todos os tipos de tecidos e podem ser aplicados ao longo dos mais diversos processos de estamparias. Como opção, há ainda o acabamento têxtil Nanotouch.

O Nanotouch é uma tecnologia que combina processos químicos e físicos para esgotar o material do tecido ou da malha até que eles fiquem sedosos e com caimento ideal. O processo Nanotouch pode ser aplicado em tecidos de fibras naturais, como o algodão, a viscose, entre outros.

Acabamentos têxteis inteligentes

Nós já comentamos que, além de tratar os tecidos e malhas, é possível ainda agregar diversas características a eles através de processos de acabamento. Como curiosidade, nós também vamos te contar alguns desses processos que realizamos por aqui. Um deles é o antimicrobiano. Nesse processo, os tecidos e malhas ganham proteção e resistência à proliferação de bactérias, de mofo e de bolor, que costumeiramente são causadores de manchas, de odores e de degradação prematura dos tecidos em geral.

Há também o acabamento hidratante que, em resumo, é um banho químico que torna o tecido mais elástico e macio. Esse acabamento, assim como o próximo, pode ser aplicado em qualquer tipo de tecido. Para maciez e aroma agradável, há o processo de acabamento Essence, no qual aplicamos, por impregnação, um composto junto ao amaciante que proporciona, além de um toque macio e sedoso, um cheiro agradável ao substrato têxtil. Há uma diversidade de essências disponíveis.

Já o acabamento Hidrotech torna tecidos e malhas hidrófilas, ou seja, resistentes à água. Tecidos com esse tratamento têm melhor absorção de transpiração e transporte de umidade. Para a impermeabilização, porém, o mais indicado é o processo Acqua Block onde aplica-se um composto que faz com que o tecido, que pode ser de qualquer tipo, fique com repelência a água e a outros líquidos. Também temos disponível o já citado tratamento de proteção UVA e UVB.

Acabamento têxtil: necessidade e benefícios

Viu como a etapa de acabamento, além de ser essencial, pode ser vista como uma oportunidade? Os tecidos com acabamentos específicos podem ser uma oportunidade para elaborar roupas e outras peças que se destaquem da concorrência e atraiam nichos dispostos a pagar mais por determinadas características. Entender os tipos de acabamento têxtil é fundamental para determinar os próximos passos do seu negócio e planejar coleções cada vez mais úteis e confortáveis.

Para ler mais conteúdos como esse, fique de olho em nosso blog.

Leia Mais

Open chat
Olá, podemos ajudar?